7 de agosto de 2012

Capitulo 33 - "Ya, bom plano, alinho!"


Estávamos na segunda semana de aulas, e já tínhamos posto a conversa em dia. Amy e eu continuámos nas nossa habituais voltas à escola, e sem Andrew nem Abigail na escola, só tinha uma distracção... Jeff!


Tinha a impressão que ele cada vez estava mais bonito, e tudo o que sentia por ele e pensava ter desaparecido, voltou tão rápido como uma flecha que acerta em cheio no alvo!


Carol, Evelyn e Amy eram agora as únicas que sabiam dos meus sentimentos, que se começavam a tornar novamente evidentes de mais, apesar de eu negá-los a toda a hora. Mas depois havia aquela rapariga, Laura, que pelo que Carol dizia, também gostava de Jeff... Ela era muito boa pessoa, pelo menos do que eu conhecia, e por isso tinha medo de acabar com a nossa amizade por causa de Jeff, e também por isso negava cada vez mais o que sentia (que não conseguia disfarçar nada bem, para minha desgraça).


-Samantha, posso falar contigo? - Era Laura que me chamava... Fiquei preocupada e olhei para Carol, que podia saber do que se tratava... Ela fez uma expressão que me levava a querer que ela sabia de alguma coisa...


-Ham, sim, claro...


-A sós, por favor... - Estava prestes a vomitar o coração, mas lá a segui... - Olha, eu vou directa ao assunto, porque não me disseste que gostavas de Jeff?


A sua expressão era mais triste do que zangada... Não sabia o que lhe ia dizer, fiquei simplesmente sem resposta, quieta a olhar para ela, podia-lhe dizer a verdade... mas e se ela não acreditasse? Bem... Era a minha única saída...


-Podes não acreditar mas... sabes, tive medo que ficasses chateada comigo por isso..


-Oh, não sejas tonta! Não tens culpa de gostar dele! E se queres que te diga, vamos mas é resolver isto!


Ela deu-me um abraço forte e fomos ter com Carol, Amy e Evelyn.


-Carol, vens connosco há hora de almoço a casa de Jeff?


-O que?! - Responde-mos todas em coro, ela só se podia estar a passar, está bem que Jeff morava a menos de dez metros da escola, mas dai a ir a casa dele...


-Oh, vá lá, temos de saber se ele gosta de alguém, não estou para continuar atrás dele tipo cãozinho abandonado! Evelyn não pode sair da escola, assim fica com Amy, e tu vens lá connosco, que tal?


-E qual é o teu plano? Tocares à campainha e dizeres "oi Jeff, viemos invadir a tua casa para saber se gostas de alguma de nós, então, gostas? - A Carol estava meio passada, mas todas sabia-mos que ela ia alinhar porque... Bem, ela era passada! - Ya, bom plano, alinho!


Todas nos ri-mos porque já sabia-mos que era isso que ela ia dizer, e assim foi, as aulas da manhã foram passadas a planear a nossa grande invasão ao prédio de Jeff.


-Ups, Carol, Laura, estamos com um problema, eu não posso sair da escola, não tenho o cartão autorizado!


-Não passas o cartão, simples, além disso só precisas de atravessar a rua e estás no prédio dele, e também ninguém te vai ver ou descobrir!

-Espero que não, se não estou tipo morta!

Consegui-mos passar pela senhora da entrada, e tocámos há campainha de Jeff. Carol sabia o andar, e estava super entusiasmada, já eu, estava mais tentada a "abortar a missão"...

Subi-mos, e quando ele nos abriu a porta, eu estava meio escondida... Aquilo não tinha sido uma boa ideia!

-Ham... vocês? - Ele estava muito confuso, sem perceber o que se passava...

-Sim, queria-mos saber uma coisa... - Realmente a Carol era uma desenvergonhada! Não tinha papas na língua, às vezes queria ser como ela!

-Ok... Digam...

-Tu gostas de alguém? E esse alguém é a Sam ou a Laura?

-Ham... Digo-vos na escola, ok? Agora já podem ir embora.. - Eu comecei a descer, mas Carol não me deixou ir, e sentou-se mesma à frente da porta de casa dele!

-Ham, puto? Acho que elas estão a acampar aqui... - Quem falou foi Daniel, que estava com Jeff em casa.

Passados uns 15 minutos de eu desejar que se abrisse um buraco debaixo dos meus pés, eles lá sairam para a rua. Daniel estava a achar piada à situação, e foi-se a rir o caminho todo, já Jeff, estava mais embaraçado que Carol!

Quando chegámos há escola, a sua melhor amiga, uma rapariga que tinha pertencido ao grupo de Martha e Abigail, começou a meter-se com ele. Carol pediu-lhe que ele não se metesse, porque tinha-mos de falar com ele, mas ela não ligou, e estragou todo o nosso plano! E depois ainda teve a lata de olhar para nós e mandar-nos um olhar do género "consegui" quando ele se estava a ir embora com ela, e a deixar-se levar pela brincadeira! Enfim... Mas eu e Laura decidimos desistir, porque viu-se claramente que ele não gostava de nenhuma de nós, então combinámos que ia-mos conseguir esquecê-lo... Podia-mos até ter prometido, mas no jogo do "amar", não somos quem dita-mos as regras...

9 comentários:

  1. Parva da melhor amiga dele (sorry saiu-me)! Eu queria ver o que é que ele dizia...
    Mas gostei da ideia de terem ido lá a casa dele e "pedir satisfações!".
    Gostei muito princesa, como sempre.
    Beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, estás desculpada porque na altura saiu-me o mesmo xD
      Ainda bem que sim princesa :D
      Beijinhos!!

      Eliminar
  2. Adorei, a Carol é mesmo parecida comigo hahaha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem :D a sério? ahahah eu adoro a personalidade dela, e às vezes gostava de ser mais assim :P

      Eliminar
  3. Olá :)
    Tens um desafio no meu blog .
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá :D
      Obrigadaaa, vou já fazer!
      Beijinhos*

      Eliminar
    2. Olha, não consegui ir ao teu blog :c se puderes deixa aqui o link :)
      Beijinhos*

      Eliminar
    3. Aqui está o link :
      http://imyheartandmyworld.blogspot.pt/
      Beijinhos*

      Eliminar
    4. Obrigada, já consegui :D
      Beijinhos*

      Eliminar

a vida é muito curta para guardares o que pensas só para ti!